O consórcio de carros é uma excelente opção para quem procura parcelas mais baratas e não quer pagar os juros altos cobrados sobre o financiamento. Você pode acreditar: com sabedoria e paciência, quem planeja com antecedência consegue conquistar o carro desejado gastando menos e com muito mais controle sobre as finanças!

E foi para ajudar você a seguir esse caminho que decidimos preparar este post! Nas próximas edições, explicaremos melhor o funcionamento de um consórcio, aproveitando a oportunidade para dar conselhos sobre como arrecadar dinheiro para comprar seu carro. confira!

O QUE É EXATAMENTE UM CONSÓRCIO?

Um consórcio consiste na formação de um grupo de pessoas que se reúnem para arrecadar dinheiro e alcançar um objetivo comum. Com todos pagando uma taxa mensal, pelo menos 1 membro do grupo é contemplado a cada mês com a carta de crédito, um documento que dá o direito de comprar o bem desejado.

COMO FUNCIONA UM CONSÓRCIO DE CARRO?

Para organizar o grupo e escolher uma aplicação para monetizar o dinheiro, é necessário ter imparcialidade. Ela é a administradora do consórcio que cumpre esse papel, fornecendo as assembléias – reuniões mensais com os consórcios. Nas assembléias são realizados os sorteios, que determinam quem receberá a carta de crédito naquele mês.

Como você pode ver, quem participa de um grupo de consórcio não sabe quando receberá a carta. Pode ser a qualquer momento entre o primeiro e o último mês. Portanto, é importante planejar:

espere pela sua contemplação;
oferecer ofertas, se desejado;
pagar as parcelas  em dia;
pagar as despesas da documentação do bem.
Então eu sei de agora: é excelente comprar um carro através de um consórcio, mas se você sair do orçamento, talvez não consiga conquistar o seu sonho.

COMO TRABALHAM OS LANCES?

Outra maneira de ser contemplado no consórcio é definir. Nesse caso, quem fizer a maior oferta ganha. Assim, todos os participantes têm as mesmas chances de obter sua carta de crédito. Existem 4 tipos de oferta:

lances livres: os consórcios são livres para escolher qualquer valor da oferta, mas acima de 1% do total a ser pago, com o que dá a maior porcentagem definida, independentemente do valor bruto;
Nesse tipo, os administradores já estabelecem a porcentagem necessária para participar (geralmente entre 20% e 50%), e como todos oferecem a mesma porcentagem, há um sorteio em caso de empate;
você pode usar sua própria carta de crédito para fazer lançamentos, aumentando suas chances de ganhar por porcentagem oferecida, o valor sendo descartado no momento do recebimento da carta de crédito;
Lançamento automático: ocorre quando você avança o pagamento de taxas, sendo considerado um tipo de oferta. A porcentagem do valor adiantado é calculada com base no valor restante.
A vantagem é que, ao oferecer uma oferta, você só precisa pagá-la se vencer e quiser retirar sua carta de crédito. Se você vencer e acreditar que ainda não tem condições de iniciar o processo, pode desistir da oferta. Nesse caso, a carta vai para o segundo lugar.

COMO DAR UM BOM LANCE?

Para acertar nessa estratégia, você deve primeiro ir às assembléias para descobrir qual é a média dos valores oferecidos – principalmente para quem vence, é claro. Conversar com os vencedores também pode ser uma opção para descobrir e entender a estratégia que eles usaram.

Lembre-se de que o período também afeta os valores praticados. No final do ano, por exemplo, é normal que a competição seja mais forte, afinal, é o momento em que os participantes recebem o décimo terceiro. Os meses de férias ou aqueles em que há muitos impostos, como janeiro, fevereiro e março, são geralmente os mais fracos.

O que você precisa entender a partir de agora é que nada garante que o lançamento será bem-sucedido. No entanto, conhecer as regras do jogo e insistir em cada mês é um bom começo para o sucesso.

COMO GANHAR DINHEIRO PARA O CONSÓRCIO?

Agora vamos dar algumas dicas para que você possa organizar melhor seu orçamento, eventualmente comprando seu carro através de um consórcio!

CADASTRE TODAS AS SUAS DESPESAS

Primeiro, anote todas as suas despesas, por menores que sejam. Nesse caso, o que importa menos é como você vai fazer isso. Você prefere uma planilha? Você se sente bem escrevendo tudo em um caderninho? A escolha é sua! O que é realmente fundamental é registrar absolutamente todas as suas despesas para analisá-las cuidadosamente.

Este registro financeiro é necessário porque você precisa:

entenda para onde vai o seu dinheiro;
decidir quais hábitos estão causando desperdício;
estabeleça as alterações necessárias para salvar.
Antes de começar a pensar em levantar dinheiro, no entanto, um ponto importante é: você tem contas a pagar? Faça deles uma prioridade!

TODAS AS SUAS DÍVIDAS

As dívidas pesam sobre o orçamento, fazendo com que uma renda que possa manter as finanças equilibradas seja insuficiente para cobrir as despesas mensais. Além disso, quando for contemplado no consórcio, seja por lote ou por transporte, você precisará estar com o nome limpo para receber a carta de crédito e partir para a conquista do seu novo carro.

Esta é uma medida válida para todos os consórcios, uma vez que apenas manter o compromisso de pagar (mesmo após a contemplação) é que os outros participantes também possam receber sua parte.

Em seguida, inicie a retirada de contas, principalmente as que estão em atraso e aquelas com juros mais altos, como cartão de crédito e cheque especial. Após essa fase, é hora de começar a coletar o dinheiro extra que permitirá a aquisição do consórcio de carros.

PREPARE O SEU ORÇAMENTO MENSAL

Você sabe qual é a melhor maneira de controlar suas despesas? Prepare um plano com base no seu orçamento mensal. Avalie as contas que você precisa pagar (água, energia, aluguel, compras no supermercado, entre outros) e quanto deve ter sobrado.

É importante definir quanto você economizará por mês, incluindo esse valor no papel de obrigações. Desta forma, você consegue manter o objetivo de arrecadar dinheiro e ainda está se preparando para o compromisso com o consórcio. Depois desse passo, é hora de pensar: onde vou salvar esse equilíbrio?

ABRA UMA CONTA PARA SUAS ECONOMIAS

Pode ser uma poupança, um fundo de investimento ou outra aplicação financeira. Naquela época, a lucratividade não é o fator primário. Lembre-se que você não vai deixar o dinheiro aplicado por muito tempo e que, em curto prazo, só é possível ter maior rentabilidade em investimentos de alto risco.

Tenha em mente: para aqueles que estão começando a economizar dinheiro, o mais importante é escolher uma opção que ofereça:

segurança, com rentabilidade garantida;
liquidez, podendo resgatar o investimento a qualquer momento.
A taxa mensal que você prometeu economizar vai para essa aplicação. E se você receber algum valor extra, como férias, a restituição do imposto de renda ou o bônus, por exemplo, não pense duas vezes: envie-o diretamente para a poupança antes de cair na tentação de gastá-lo!

EVITAR COMPRAR POR IMPULSO

As compras planejadas são grandes aliadas da disciplina financeira. No final, resistindo ao impulso de comprar sem pensar, você não corre o risco de cair em falsas promoções, que não oferecem nenhuma vantagem real, ou de se arrepender por adquirir algo que não era necessário ou até mesmo útil para você naquele momento.

Além disso, comprar apenas de forma planejada leva a uma avaliação importante: será que isso realmente fará diferença na minha vida? Sempre procure pensar cuidadosamente sobre suas compras. Procure preços, procure descontos e compre apenas o que for necessário. Acredite: isso pode transformar sua vida financeira!